Você não pode copiar este conteúdo!
AR EN FR PT ES
Uma-Carta-De-Amor-Ao-Condicionador-De-Cabelo-2

Uma Carta De Amor Ao Condicionador De Cabelo

Por vezes este item é negligenciado por muitos motivos, a exemplo de algumas pessoas que nunca usam condicionador porque acham que vai pesar nos fios. Quem nunca estendeu a vida de uma escova pelo maior tempo possível, ignorando totalmente o ciclo de enxágue? Ou até os problemas mais específicos, de quem acredita que isso fará com que seus cabelos caiam. Talvez falte informações!


por: Carla Madureira | em: 19 de agosto de 2019.

tags: Resenhas
AudioPost:
                   

Para começar, o que é o condicionador? Simplificando, é um agente hidratante e condicionante, geralmente composto de ingredientes como silicones, óleos e emolientes. Bem como surfactantes catiônicos – termo científico para sabonetes ou detergentes, que ajudam a lavar os elementos oleosos. Quando combinados, essas substâncias reabastecem a umidade do cabelo depois que alguns deles são retirados do shampoo.

VOCÊ SABIA… A ÚNICA UMIDADE NATURAL QUE SUA JUBA TEM É O SEBO? SIGNIFICANDO QUE APENAS 1 A 2 CM ESTÁ HIDRATADO!

A função principal do shampoo é limpar, pois possui pH alcalino com efeito de abrir as cutículas (escamas) do cabelo removendo todas as impurezas excedentes. Se você não usar um condicionador (ácido PH), depois, essas cutículas permanecerão abertas, sendo prejudicial a longo prazo. Pode ter um impacto na duração da sua coloração, no brilho e na facilidade de pentear entre outras coisas.

Existem vários tipos de condicionador, e os mais comuns são – claro – o TRADICIONAL HIDRATANTE pós-shampoo; PROFUNDO (quase máscara), deixado por mais tempo a penetrar nos fios; DE LIMPEZA (aka co-wash) híbrido que simultaneamente limpa e condiciona; e LEAVE-IN tratamento pós-banho, sem enxágue, que nutre e protege ao longo do dia. 

O CONDICIONADOR É PARA MUITOS UMA OBRIGAÇÃO DE CUIDADOS. MAS ELE É REALMENTE ESSENCIAL PARA BELEZA E SAÚDE CAPILAR?

Seu objetivo é embelezar, fornecendo propriedades cosméticas como brilho, flexibilidade ou volume. Além de impedir danos ao couro cabeludo, reduz o atrito entre os fios facilitando a escovação e o desembarace com um pente de dentes largos para evitar desgastá-los! 
Ao contrário da máscara, que nutre em profundidade, o condicionador é um tratamento de superfície, precisando de um curto tempo de exposição (entre 1 a 5 minutos). Considerando que, no passado, todos os tipos de cabelos tinham que ser satisfeitos com o mesmo produto. Hoje existem tantas linhas de condicionadores quantos os tipos específicos para cada madeixa. Há até mesmo alguns para preguiçosos: os 2 em 1 shampoo+condicionador! De qualquer forma, obviamente é importante escolher o melhor condicionador para a característica do seu fio se quiser obter um bom resultado. Então, você não tem mais desculpas!

UM POUCO DA HISTÓRIA DO CONDICIONADOR

Durante séculos os óleos naturais foram usados ​​para condicionar o cabelo humano. Em especial o masculino com o popular óleo de Macassar no final da era vitoriana. Mas estes eram bastante gordurosos e sujavam, sendo necessário o uso de um pano para manter os estofos de serem avariados pelo óleo.

Uma-Carta-De-Amor-Ao-Condicionador-De-Cabelo-3

A luz deste produto entrou nas nossas rotinas capilares há mais de 100 anos, com a expertise do perfumista Édouard Pinaud. O condicionador se apresentou com o nome de Brilliantine na 1900 Exposition Universelle em Paris. Tinha a intenção de suavizar os fios dos homens, incluindo barbas e bigodes. A ciência moderna avançou na indústria e incluiu substâncias químicas super ativas. Eles têm benefícios de não engordurar ou pesar, como silicone , álcool graxos e compostos de amônio. 

QUAL É O PAPEL DO CONDICIONADOR?

Seu papel complementa o do shampoo: enquanto um limpa as raízes, o condicionador vem para cuidar dos comprimentos. Importante já que nosso cabelo está crescendo através da raiz e as pontas são às vezes de 5 ou 10 anos.

Como já citado, os condicionadores são encontrados em diversas linhas: loiros descoloridos, secos, danificados, coloridos, finos ou opacos, longos, encaracolados e frágeis. Para não cometer erros, devemos primeiro identificar a nossa natureza cabelística! Eis o básico:

  • Fios ondulados com arrepiados: oscila naturalmente, mas assim que o ar fica molhado, é o festival de frizz! Eles são bastante secos e armados. Aposte em um condicionador hidratante dedicado, mas não para cacheados (o que pode pesá-los para baixo);
  • Encaracolados e/ou grossos: geralmente sofrem com o ressecamento porque o sebo, cujo papel é proteger a fibra, tem dificuldade de se mover para o comprimento. A fim de evitar qualquer quebra ou pontas duplas no crespo sem estragar a flexibilidade dos cachos, coloque um condicionador ultra nutritivo que penetre profundamente e deixe-o por 5 minutos. 

TUDO QUE VOCÊ PRECISA FAZER PARA NOTAR AS DIFERENÇAS É LAVAR, CONDICIONAR DA METADE DA CABEÇA E DEPOIS PENTEAR !

Uma-Carta-De-Amor-Ao-Condicionador-De-Cabelo-1

As madeixas têm uma carga negativa, e são formulados condicionadores para ter uma carga positiva. Cargas opostas se atraem, permitindo que ele adote a cada fio. Quanto mais danificado for, maior será sua carga negativa e mais condicionador ele atrairá. Logo, ao pular o produto, você está expondo a toneladas de problemas que desgastam a camada de cutícula. E o que isso faz? A aparência do cabelo pareça mais fino. Usar o tipo certo de condicionador dará saúde excepcional!

Muitas fórmulas avançadas também contêm fortificadores poderosos (semelhantes aos encontrados em tratamentos e máscaras). Aliás, com os ingredientes certos, o seu condicionador diário pode dar reforço extra no cabelo: fortalecer, restaurar a hidratação e dar um brilho incrível sem comprometer o estilo que você deseja!

ENFIM, O CONDICIONADOR NUNCA É OPCIONAL, O AMOR É VERDADEIRO. AGUARDE NO PRÓXIMO POST DICAS E SUGESTÕES FELPS!

Comentários

Fazer login ou Criar conta
Login
Cadastro

X