EN PT ES

Retrospectiva Dos Cabelos Femininos No Dia Internacional Da Mulher

Somos atualmente 49,6% da população mundial, praticamente a metade. Mas isso infelizmente não diz muita coisa...

por: Carla Madureira | em: 8 de março de 2019.

tags: Curiosidades
                   

Hoje ainda precisamos de movimentos de luta pelos nossos direitos. Contudo, comemorar o Dia Internacional Da Mulher só ajuda a causa de igualdade de gênero e empoderamento!

UM POUCO SOBRE A ORIGEM DO DIA INTERNACIONAL DA MULHER

De acordo com a Unesco, esta data surgiu da relevância das atividades trabalhistas na virada do século 20 na América do Norte e na Europa. Sua primeira comemoração ocorreu nos Estados Unidos em 28 de fevereiro de 1909 onde as mulheres protestavam contra as duras condições de trabalho. Além disso, somente em 1975 as Nações Unidas começaram a comemorar o Dia Internacional da Mulher em 8 de março.

AO LONGO DOS ANOS OS CABELOS ACOMPANHARAM A VIDA, AS LUTAS, AS VITÓRIAS E TRANSFORMAÇÕES DAS MULHERES NA SOCIEDADE NO MUNDO

Embora a estilização dos fios seja em penteado, cor ou corte ele stá diretamente ligado a Moda de uma determinada época. Se no início dos tempos tinham sua função básica de proteção, na atualidade seu foco é na personalidade, ou o que está em voga nas tendências do momento.

1909 Belle Époque

O comportamento de uma geração foi mudado por conta da primeira guarra mundial. As mulheres foram convocadas para o trabalho muitas vezes pesado. E enquanto lutavam por mudanças sociais, incluindo o direito de votar, apertadas em seus espartilhos com seus longos cachos. Era uma aparência adequada e elegante, mas sem acabamento. Não importava se alguns fios caissem.

Os loucos Anos 20:

No pós guerra, elas levantaram suas bainhas, jogaram fora seus espartilhos, fumaram e beberam, praticaram esportes, dirigiam carros e gostavam de quebrar as normas sociais que pudessem! Igualmente os homens! Seus cabelos ficaram menos rebuscados e bem mais curtos,com ou sem franja.

Anos 30 :

Nesta década então, a figura da mulher era de provedora do lar docil e submissa apesar do corpo atlético. De sobrancelhas finas e de fios já não tão curtos, porém bem modelados com ondas perfeitas. Destaque para as atrizes com seus penteados graciosos.

Década de 40:

O auge da Segunda Guerra trouxe mais mudanças sociais e a necessitade de simplificar as coisas desde a vestimenta até os cuidados com a beleza. As mulheres não tinham dinheiro para gastar, mas podiam se glamourizar. Penteados de cabelo preso serviram também a um propósito prático: quem trabalhava em fábricas durante a guerra, mantinham suas jubas em segurança e longe das máquinas por isso
acessórios foram usados.

Anos 50: 

Conhecido por ser os anos dourados, a mulher se torna mais feminina. De fato, os cabelos eram curtos e muito glamour com as loiras tipo Marilyn Monroe. Uma vez definidos, os cachos foram escovados e alisados no formato clássico e elegante de capacete. Coques e muito laquê… As mais jovens gostavam das franjas pinups de Bettie Page.

Décadas de 60:

As mulheres estavam em busca de mais liberdade em diversos setores. Época de vários modismos de fios curtos ou longos, explosão de estilos e cores. Penteados Colmeia altos e volumosos , rabos presos, pontas de gatinho. Logo que a independência e os direitos das mulheres ajudaram nas preferências de beleza. 

Os marcantes 70:

Nesse tempo é marcado pelo rompimento de certas tradições como casamento, independência e pilula. O cabelo dá uma reviravolta natural com os estilos Afro ou Armados e graduados displicentes soltos ao vento. Mas arrumar os fios ainda era complicado.
A Pantera Farah Fawcett ganhou marcou com sua escovas redondas e acabamentos regular.

Década de 80:

Tudo foi feito em excesso, inclusive as atitudes: quanto maior o cabelo e mais brilhante a roupa, melhor! Visualmente chocante os vários estilos, davam exagero no volume dos fios repicados, muito cacheado e permanente.
Por isso, no final dos anos 80, as coisas tiveram uma mudança suave e agradável graças ao volume estruturado.

Anos 90:

De acordo com a cultura conservadora em todo o mundo e da crise econômica, a mulher tinha o estilo discreto e chique. Tinha o cabelo sujo ou saia sem maquiagem. Esses anos 90 estava voltando para o mais polido, limpo. Assim como as tranças black tiveram seu momento.
A falta de identidade se sobressaiu: mechas lisos sem o menor volume, minimalista.

Anos 2000:

Á medida que as mulheres aprendem a serem elas mesmas essa liberdade se reflete nos seus fios: mechas de luzes bem marcadas e grossas contrastando com a cor natural. Por exemplo até mesmo o Emo ultra mega divertido. Os penteados deixam de ter uma caracteristica única. Muitos formas, cores e estilos e técnicas de alisamento. Cores, cores e mais cores.

2010:

Sem dúvida, atualmente temos uma mulher moderna cheia de convicções. Na beleza capilar: muitos colorações, penteados e cortes surgiram no universo dos cabelos. Tons acesos, longos, médios ou curto assimetricos. Fios coloridos, cortes ousados, raspados, undercut, blunt cut e pontas de californianas, e muitos outros.

Vamos celebrar este dia com todas conquistas das mulheres até agora, pois os valores femininos estão em ascensão. O futuro é nosso! E a Felps está na sua cabeça!

Comentários

Todas as Lojas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z
Ops! Não encontramos nada com a letra "A".
Fazer login ou Criar conta
Login
Cadastro