Você não pode copiar este conteúdo!
AR EN FR PT ES

Gravidez Versus Produtos Capilares

Gravidez é tudo sobre mudança para os seus hormônios, seus hábitos de sono, sua capacidade de encaixar no seu jeans ... e também para a seus cabelos. Inclusive, nós já falamos desse assunto neste post aqui. Junto os enjoos da manhã, desejos e noites sem dormir, esse período é cheio de incertezas sobre o que você pode e não pode fazer em termos de beleza. As áreas que normalmente apresentam o maior nível de confusão sobre o que é considerado seguro e inseguro são aquelas relacionadas a transição de textura e de cor. Então, venha descobrir o que vale a pena experiementar fazer com sua juba de futura mamãe!


por: Carla Madureira | em: 9 de setembro de 2019.

tags: Dicas
AudioPost:
                   

ESTAR GRÁVIDA NÃO SIGNIFICA QUE VOCÊ NÃO POSSA TER UMA CABELEIRA FABULOSA – APENAS EXERCITE UM POUCO DE CAUTELA E BOM SENSO!

São muitas as fases capilares durante a gestação, já que os níveis mais altos de estrogênio prolongam o crescimento, resultando em menos queda além de fios mais grossos. Algumas mulheres também notam que seu cabelo fica mais brilhante na gravidez ou que muda de textura (o crespo pode ficar mais reto, por exemplo). No entanto no pós-parto, o ciclo de crescimento / descanso volta ao seu padrão anterior.

Eles também pode ser menos oleosos devido à redução da secreção de sebo, novamente graças ao estrogênio. A grávida geralmente se beneficia de uma juba no topo de sua forma. Embora com outras mulheres o efeito é invertido: o cabelo é mais oleoso, sem brilho … Esta é novamente a culpa dos hormônios que são secretados em quantidades variáveis ​​podendo perturbar o fluxo.

LOGO, NOVAMENTE MAIS DÚVIDAS SURGEM: O QUE PODE (E NÃO PODE) FAZER NO SEU CABELO… EIS O QUE VOCÊ PRECISA SABER SE É UMA FUTURA MAMÃE:

“POSSO PINTAR MEU CABELO?” “POSSO FAZER UM TRATAMENTO DE QUERATINA?” São duas perguntas de beleza mais comuns neste momento da mulher! As respostas variam desde alternativas menos químicas até técnicas que visam minimizar a exposição às toxinas.

Primeiramente, questões relacionadas a tratamentos capilares durante a gravidez são comuns. E a maioria deles envolvem produtos químicos e corantes que deixam as mulheres imaginando se são seguras.

Diferentes tipos de tratamentos capilares incluem:

  1. Tintura – Isto inclui corantes permanentes, semi-permanentes e temporários.
  2. Curling – Ondas são criadas usando duas soluções: uma é solução ondulante e a segunda é uma solução para neutralização / fixação.
  3. Descoloração – Este tratamento usa peróxido de hidrogênio a fim de clarear a cor do cabelo.
  4. Relaxamentos ou Progressivas – Estes contêm hidróxido de sódio ou potássio, lítio ou hidróxido de guanidina. Ingredientes que são usados ​​para alisar permanentemente os fios.

Em geral, os tratamentos capilares mais leves são geralmente considerados seguros durante a gravidez, a depender das substâncias da fórmula. Independentemente disso, a sua opção mais segura é esperar pelo menos até depois do primeiro trimestre, senão depois da gestação. A maioria dos médicos obriga, a princípio a precaução das futuras mães assim como as que estão amamentando evitarem o contato com certas químicas!

Gravidez Versus Produtos Capilares

Quais precauções devo tomar quando quimicamente tratar meu cabelo?

  • Lavar o seu couro cabeludo completamente com água após qualquer tratamento;
  • Considere esperar até o segundo trimestre para quimicamente tratar seus fios;
  • Certifique-se de que o tratamento seja feito em uma área bem ventilada;
  • Não deixe os produtos químicos por mais tempo do que o indicado pelas instruções;
  • Use luvas ao aplicar o tratamento;
  • Siga cuidadosamente as instruções na embalagem;
  • Se possível, tente não deixar o corante da tintura tocar seu couro cabeludo;
  • Pondere fazer mechas (a solução de contraste não entra em contato com a pele e é coberta com papel alumínio);
  • Faça um teste antes para reações alérgicas antes de concluir o processo;
  • Espere para colorir seu cabelo até depois do primeiro trimestre, quando os órgãos do bebê estão se formando;
  • Nunca tinja ou descore as sobrancelhas ou os cílios. Isso pode causar inchaço ou aumentar o risco de infecção na área dos olhos.

Outra coisa a ter em mente é o fato de que a gravidez, por si só, além de naturalmente mudar a textura, como já citamos, também pode causar a seu cabelo reagir de forma diferente numa tintura. Se este for o caso, você pode querer esperar até depois da gravidez para fazer mudanças.

CUIDE DE SUAS MADEIXAS COMA FELPS

No decorrer da gravidez, não esqueça de algo muito importante: cuidar da juba! Você pode, sem risco algum, usar produtos suaves de hidratação e demais cuidados para melhorar a aparência e o volume. A exemplo de cremes, máscaras, como a coloração, não são prejudiciais para o feto: eles não passam para o sangue.

Linha de tratamentos Xintense Tratamento Nutritivo para cabelos ressecados e sensibilizados. com máscara de tratamento, shampoo e condicionador!

Ferramentas de calor como o secador e prencha não são recomendados porque aquecem o crânio e estimulam as glândulas sebáceas, de modo que a gordura do cabelo (e pode danificar ainda mais os já prejudicados).

Comentários

Fazer login ou Criar conta
Login
Cadastro

X