Você não pode copiar este conteúdo!
AR EN FR DE PT ES

É Tempo De Romance – Festeje O Dia Dos Namorados Com A Felps

Junho chegou e trouxe mais uma vez o dia do amor com ele. Muitos amantes já está planejando seu momento, sem ligar para quantas vezes já experimentaram isso ao longo da vida. Embora alguns considerem o Dia dos Namorados tão somente comercial, a maioria ainda comemora. De preferência com muitas flores, cartões, chocolates, convites para restaurantes, declarações ou mimos sexys. O melhor é não pensar em mais nada, além de agradar seu bem-amado (a)!


por: Carla Madureira | em: 12 de junho de 2019.

tags: Curiosidades
AudioPost:
                   

É TEMPO DE ROMANCE! AQUI 12 DE JUNHO, LÁ FORA 14 DE FEVEREIRO. PRESENTES SÃO TROCADOS ENTRE OS ENAMORADOS, TUDO EM NOME DO AMOR. MAS SUA ORIGEM É PAGÃ OU CRISTÃ?

Anteriormente na Roma antiga, a Lupercalia era celebrada na primeira quinzena de fevereiro de cada ano. Uma festa muito menos romântica que a nossa… Segundo a lenda, havia a simbólica purificação do sacrifício de uma cabra numa caverna retratando a fertilidade. Festejava-se a chegada da primavera, incluso rituais e pareamento de mulheres com homens por sorteio como parceiros no resto do ano.

Outra história é a de São Valentin: que desafiou a autoridade do imperador Cláudio II que proibia casamentos – para encorajar mais soldados a irem para a guerra. O monge se recusou, continuou a casar e foi então preso! Lá conheceu a filha cega de seu carcereiro, a quem descrevia o mundo. Através de trocas e encontros, se apaixonaram até que um milagre ocorreu: ela recuperou a visão! Após morrer o papa o teria nomeado como padroeiro dos amantes!

Na Inglaterra do século XIV era costume formar um casal ao acaso também. Os apaixonados tiveram que oferecer secretamente pequenas prendas criando o valentinage enriquecido pelo envio de poemas. Maneira fácil de expressarem suas emoções, já que a interação direta era desencorajada. Procissões eram organizadas e jogos de esconde-esconde entre solteiros permitiam que todos encontrassem seu par. A contar do século XIX o hábito dos cartões pré-fabricados com palavras doces, símbolos de carinho com saudações e lembranças.

A RAZÃO MAIS DIVULGADA PARA A COMEMORAÇÃO DO DIA DOS NAMORADOS SER DIFERENTE NO BRASIL SERIA A DE QUE CELEBRAR EM FEVEREIRO ATRAPALHARIA O CARNAVAL COMO FERIADO MÓVEL

Nossa História apresenta algo não tão divergente assim: pois está relacionada a Santo Antônio de Lisboa, frei português Fernando de Bulhões. Suas pregações religiosas costumavam destacar o valor do casamento e do amor. Em função de suas mensagens, depois de canonizado, ganhou a fama de “santo casamenteiro”. 

Consequentemente foi escolhida a data de 12 de junho, por ser véspera de seu dia.

Desde 1948, temos essa data comemorativa, sem cunho religioso – exclusivamente apelo econômico e comercial. Com o objetivo de melhorar o número de vendas fracas no mês. Será esta uma época só para nos fazer gastar mais alguns trocados?

SEM DÚVIDAS É IMPORTANTE COMEMORAR, POIS DESEJAMOS ESTAR SEMPRE AO LADO DE QUEM AMAMOS

Sentir a pele, toque, cheiro, poder abraçar e beijar. Ademais não se exige provar isso! Quando estamos juntos planejamos o futuro, relembramos o que passou e falamos bobagem. Este não é apenas mais um dia em meio a tantos, pois não sabemos se amanhã poderemos estar com a razão de nosso afeto…

Entretanto, existem os que dão pouca ou nenhuma importância ao Dia dos Namorados. Convencidos de que não precisam de uma data nem ritual específico para exaltar seu amor. E eles estão certos!  Uns irão querer impressionar, outros se concentrarão na simplicidade.  Realmente todos nós temos uma visão díspar sobre esta ocasião, já que é popularmente associado aos gestos românticos e memoráveis de afeição.  Enquanto outras culturas desenvolveram suas próprias tradições, festejando entre familiares e amigos, presenteando crianças e outras atos de apreciação.

O dia dos Namorados é uma oportunidade de celebrar a paixão, de mostrar o quanto se importam um com outro. Gostar verdadeiramente de alguém é querer fazê-lo feliz mesmo que isso implique sair da zona de conforto, surpreender e não desvalorizar os sentimentos.

Cumpra o ritual de jantar fora, piquenique ou uma refeição caseira diferente. Faça atividades que permitam que o par fique longe de tudo e aproveite um tempo especial juntos. 

Pois é, tarefa quase impossível ignorar completamente o Dia dos Namorados! Entre os anúncios na televisão, cartazes na rua, lojas decoradas com suas cores, tudo é feito para nos lembrar. Fazendo com que se sintam culpados aqueles que não querem festejar e deixando uma impressão de fracasso para os que estarão sozinhos. Mas acredite, é melhor ficar só do que mal acompanhado…  Não se deixe abater, saia com amigos. Não esqueça que sua alma gêmea pode estar exatamente neste instante em busca de alguém como você!

Por fim, não importa o tamanho do seu orçamento torne este momento agradável, reenergize a lógica da expressão amorosa, saia fora da rotina, do comum.

Cabe a você inspirar-se na Lupercalia dos romanos, ou simplesmente confiar seus sentimentos puros de ternura a um jantar à luz de velas, ou até mesmo escolher outra data. Principalmente, não perca a oportunidade de celebrar seu amor mesmo que seja por si mesma!

Enfim, um bom Dia dos Namorados para todos!


Comentários

Fazer login ou Criar conta
Login
Cadastro

X