Você não pode copiar este conteúdo!
AR EN FR DE PT ES
As-Raízes-E-Significados-Espirituais-Do-Cabelo-1.jpg

As Raízes E Significados Espirituais Do Cabelo

Antes de mais nada, o cabelo é uma faceta central da nossa aparência, algo em que homens e mulheres se orgulham. Porém, apresenta outros significados, até digamos, mais profundas. Não é apenas uma representação essencial do eu, simbolizando o estilo pessoal e a liberdade de expressão; mas também pode fornecer uma visão geral da saúde. Isso, porque a cabeleira nos protege da exposição ao sol e de pequenos ferimentos, melhora a absorção da vitamina D e fornece calor à área do corpo que perde cerca de 25% do calor. 


por: Carla Madureira | em: 4 de dezembro de 2019.

tags: Curiosidades
AudioPost:
                   

ALÉM DOS JÁ CITADOS BENEFICÍOS SOMÁTICOS, DIFERENTES CULTURAS E RELIGIÕES ACREDITAM QUE O CABELO PODE REFLETIR AS EMOÇÕES E TRAÇOS MAIS ÍNTIMOS, MANTENDO SEU PRÓPRIO PODER E ENERGIA ESPIRITUAL ÚNICOS 

Ao propósito, todas essas interpretações estão centradas no fato de que os humanos são a única criatura capaz de cortar cabelos longos da cabeça. Não é coincidência que ele proteja o chakra da coroa – nossa conexão com o espírito ou eu superior – nem que, se deixado por conta própria, ele crescerá para um comprimento ideal que é diferente para cada indivíduo.

SIGNIFICADO CULTURAL E RELIGIOSO DO CABELO

Uma teoria difundida é que o cabelo age como uma antena, coletando detalhes do mundo, canalizando energia para partes frontais. Quase comparável a um sexto sentido; muitos acreditam que ele pode ajudar a detectar quando outras pessoas estão mentindo, ou até permitir que preveja as coisas antes que elas aconteçam! As culturas nativas, diferenciadas por seus cabelos longos e neutros em gênero, acreditam que as madeixas são uma extensão de nossos pensamentos, sentimentos e situação atual da vida; indicando tudo, desde a idade, o status do relacionamento e a felicidade. Tanto quanto, ao procurar melhorar a força ou a intuição, o primeiro ponto de chamada é o penteado e a saúde.

Cabelo, inegavelmente simboliza força física e virilidade; diz-se que as virtudes e propriedades de uma pessoa estão concentradas em seus fios e unhas. 

Símbolo do instinto, da sedução feminina e da atração física. Em contrapartida a calvície pode sugerir esterilidade. Os cabelos soltos retratam liberdade e folga; a remoção involuntária pode ser um símbolo de castração. Em primeiro lugar, carrega o contexto do poder mágico: as bruxas tiveram seus cabelos raspados. A natureza simbólica da cabeleira é um tema religioso comum, assim como na Bíblia, na qual Sansão perde todo o seu poder quando suas madeixas são despojadas. 

Ou seja, os cachos representam uma separação entre o cérebro que governa o intelecto e a parte traseira que controla os desejos físicos. A tradição indiana observa maior vitalidade e tranquilidade através da preservação dos cabelos. Relações pesadas com a fertilidade e até o amor (a quantidade está relacionada ao potencial do amor). Pode ser pensado como a alma externa.

OS PELOS DE DIFERENTES PARTES DO CORPO TAMBÉM ENTRAM NESSE CASO:

Em segundo lugar, é bom nos atentarmos aos pelos. Se cabelos têm relação ao espiritual, pelos do corpo são associados aos poderes irracionais. Além disso, diferentes formas de sobrancelhas ou barba e bigodes também carregam outras conotações. Pestanas arqueadas geralmente são mantidas por mulheres suspeitas de adultério; barba desgrenhada um sinal convencional de luto; bigode longo pode significar penitência em um homem; cabelos cacheados um artista, falante de várias línguas. 

DA PRÓXIMA VEZ QUE PRECISAR DE UM CORTE DE CABELO…

Embora os cortes regulares promovam a saúde capilar, livrando as pontas duplas e dando uma aparência mais espessa; há um vínculo intrínseco ao seu bem-estar espiritual toda vez que se passa a tesoura.

1- Historicamente, cortar cabelo era usado como punição para aqueles que haviam sido escravizados ou conquistados, livrando sua identidade e denotando poder inferior; ou como para os nativos americanos, que significava luto. 

2- Os yogues indianos acreditam nesses pontos negativos, isto é, de permitir que seu cabelo cresça em todo o seu comprimento. O que poderia resultar na falta de nutrição (especificamente vitamina D, cálcio e fósforo); o que por sua vez limitaria a memória, resistência e paciência. Faz sentido que aqueles que têm menos cortes de cabelo consigam economizar mais energia; porque não estão fazendo o corpo regredir para atingir seu comprimento natural. Em contradição, raspar a cabeça é uma prática religiosa entre monges e monjas budistas e no vaishnavismo (um ramo do hinduísmo).

As-Raízes-E-Significados-Espirituais-Do-Cabelo-2

3- Quando você fica com o cabelo molhado, ele tende a encolher e a se contrair um pouco e até quebrar à medida que seca. Uma ideia melhor é ocasionalmente reservar um tempo para se sentar ao sol e permitir que ele – limpo – seque naturalmente.

4- Recomendado, lavar o cabelo a cada 72 horas ou mais frequentemente se o couro cabeludo suar bastante. Também pode ser benéfico lavar os cabelos depois de ficar chateado para ajudar a processar emoções.

5- Também recomendam o uso de um pente ou escova de madeira, pois traz circulação e estimulação ao couro cabeludo; e a madeira não cria eletricidade estática, o que causa perda de energia capilar no cérebro. Você descobrirá que, conforme o penteio da frente para trás, de trás para frente e depois para a direita e para a esquerda várias vezes, ele será atualizado, independentemente do tamanho do seu cabelo.

6- Para as mulheres, diz-se que o uso da técnica de pentear o cabelo duas vezes ao dia pode ajudar a manter a juventude; um ciclo menstrual saudável e uma boa visão.

7- A saber que àqueles que enrolam os cabelos na coroa (cabeça) durante o dia supostamente recarregam as células cerebrais. No entanto, se penteiam à noite para relaxar melhor ainda. Outras culturas acreditam que somos mais vulneráveis ​​à energia negativa ao dormir, portanto, mantenha sempre as pontas do cabelo afastadas.

ESTILOS E SINTOMAS

Decerto, alguns rituais e problemas com cabelos também podem ter um impacto direto na energia espiritual, se assim você acredita. Embora a perda capilar seja geralmente um sintoma de depressão, estresse mental ou desespero; as causas de tais condições estão enraizadas em um desequilíbrio ou ataque ao eu espiritual. A depressão ocorre após um dilema de caráter, como baixa autoestima ou culpa autoritária; estresse mental devido a uma necessidade excessiva de ter controle completo sobre as situações da vida; e o desespero simboliza uma renúncia pessoal ao poder que mostra uma desconfiança no processo da vida.

No geral, o equilíbrio hormonal e químico em nossos corpos estimula o crescimento capilar e determina nosso bem-estar mental; portanto, não é surpresa que diferentes culturas e religiões atribuam esse significado a esse relacionamento. 

A moda nos cabelos pode ser apenas uma tendência; mas se investigarmos, podemos descobrir que estamos nos privando de uma das fontes mais valiosas de energia e vitalidade humana. Lembrando que os rituais capilares que você adota, espirituais ou não, sempre serão uma escolha profundamente pessoal!

Comentários

Fazer login ou Criar conta
Login
Cadastro

X